Início
Quem Somos
Sistemas
Downloads
Atualizações
Dúvidas
Para Contadores
Sob Medida
Quadro de Preços
Quero Assinar
Suporte
Contato

EMISSOR DE CTe/NFe/NFS-e

É um sistema altamente profissional, para Windows, e desenvolvido tendo em mente a facilidade de uso, a robustez, e a rapidez de processamento.

Quem precisa imprimir, consultar e cancelar CTe/NFe/NFS-e não pode deixar de ter esse programa.

Ideal para:

  • Lavanderias e tinturarias.
  • Oficinas mecânicas.
  • Assistências técnicas em geral.
  • Lojas de manutenção em geral.
  • Contadores.
  • Advogados.
  • Profissionais liberais em geral.
  • Qualquer outra atividade de prestação de serviços que exiga a emissão de uma nota fiscal de serviços no balcão ou a constituição de notas fiscais de serviço em lotes.
  • Não acredite em nós. Baixe e comprove.

    Abaixo delineamos um passo a passo do sistema, bem como as exigências básicas para seu uso.

    O que é necessário para que o sistema possa funcionar ?

  • Micro moderno, mas comum. Deve ser o suficiente para suportar as modernas versões do Windows.
  • Qualquer versão do Windows a partir da versão XP.
  • Conexão com a internet, de preferência banda larga.
  • Certificado digital. Obrigatório para acesso aos sistemas das prefeituras.
  • Internet Explorer versão 6 ou superior.
  • Mais nada.
  • Como funciona o sistema ?

  • Primeiro deve inserir o certificado digital na leitora como se vê abaixo. Sem isso nenhuma operação de envio/recebimento de NFS-e poderá ser realizada, visto que o sistema da prefeitura não poderá ser acessado:

  • Os certificados digitais podem ser contratados em diversos lugares. Podemos sugerir o Serasa Experidian
    As leitoras também podem se adquiridas em muitos lugares. Podemos sugerir a Pronova
    Nenhuma dessas empresas têm qualquer ligação com a DQL.

  • Depois deve chamar o programa.
  • Após a digitação do login e senha irá surgir a tela principal do sistema:

  • A opção 1 permite que se constitua e se imprima uma NFS-e. O cadastro de um cliente novo é feito na hora. Se ele já existir na base de dados basta recuperar suas informações. Como as bases de dados ficam no computador onde está o sistema, tudo é feito de forma ágil. Ao final da inclusão dos dados da NFS-e, essa NFS-e deve ser impressa. Isso é feito pelo sistema estabelecendo comunicação com o sistema da prefeitura, enviando os dados da NFS-e e recuperando essa NFS-e aprovada e certificada pelo sistema da prefeitura, ao final de processo a nota é impressa. É bom lembrar que na primeira vez que isso ocorrer no dia, uma tela de autorização de entrada no sistema da prefeitura será mostrada, desde que o seu certificado digital esteja inserido na leitora, como foi explicado mais acima.
  • A opção 2 é para gerar NFS-e em lotes para posterior envio para o sistema da prefeitura (está opção também pode ser usada para gerar uma só NFS-e). Enquanto que a opção 1 faz isso 1 a 1, e é ideal para quem precisa emitir NFS-e no balcão na frente do cliente (ex.: lavanderias), esta opção após o registro de diversas NFS-e (opção 1) envia esse movimento em lote para o sistema da prefeitura.
    Ex.: foram constituídas as NFS-e 120, 121 e 122. Apenas constituídas, mas não emitidas, portanto ainda não foram para o sistema da prefeitura, onde vão realmente ser certificadas e ter validade. Agora, usando esta opção, essas NFS-e serão geradas e gravadas em um arquivo padrão para posterior envio ao sistema da prefeitura.
    Uma observação importante. Enquanto não se enviar uma NFS-e para o sistema da prefeitura, e ele não é certificado e aprovado, na realidade ainda não existe essa NFS-e. O que existe é um RPS (Recibo Provisório de Serviços). Para simplificar estamos chamando tudo de NFS-e.
  • A opção 3 é para efetivamente enviar o arquivo com as NFS-e gerado acima para o sistema da prefeitura. Esse arquivo obedece a um padrão. Isso quer dizer que pode ser enviado por qualquer outro programa que se conecte com o site da prefeitura e possa fazer essa tarefa. Com isso você não fica dependente exclusivamente do nosso programa.
  • A opção 4 recupera todas as NFS-e emitidas por você, prestador de serviços, e as inclue na base de dados. Isso permite a emissão de relatórios e segundas vias das NFS-e emitidas, sem precisar se conectar com o sistema da prefeitura.
  • A opção 5 recupera todas as NFS-e recebidas por você, tomador de de serviços, e as inclue na base de dados. Isso permite a emissão de relatórios e segundas vias das NFS-e recebidas, sem precisar se conectar com o sistema da prefeitura.
  • A opção 6 dá a opção de enviar uma NFS-e constante da base de dados por e-mail para o cliente. Como essa NFS-e já está na base de dados, não precisa se conectar com o sistema da prefeitura.
  • A opção 7 oferece a possibilidade de cancelar uma NFS-e emitida por você, prestador de serviços. Esse cancelamento o mais das vezes irá resultar na emissão de uma nova NFS-e, ou seja, a opção 1 (entrada de dados) deverá ser usada.
  • Se a NFS-e for rejeitada pelo sistema da prefeitura um arquivo com a descrição dos erros por acaso ocorridos será gerado e mostrado para que o operador possa ter ciência do ocorrido, e possa também providenciar os acertos (normalmente de cadastros). Após esses acertos a NFS-e deve ser gerada (opção 2) e enviada (opção 3) outra vez. Se estiver usando a opção 1, deve tentar imprimir a NFS-e outra vez. Enquanto houver erros a NFS-e não será validada pelo sistema da prefeitura e por conseguinte não poderá ser impressa.

    Informações mais detalhadas devem ser obtidas na Documentação on-line

    Faça um download. É inteiramente grátis. Avalie por 10 dias, sem compromisso. Você será, certamente, mais um cliente DQL.

    Valor da Licença

    O preço pode ser alterado sem aviso prévio.

    O sistema é distribuido via download. A imagem acima é meramente ilustrativa.




     

    Volta ao Topo
     
    Copyright 2014, Todos os direitos reservados, DQL Assessoria e Consultoria Ltda.